Nós, em mais uma Copa do Mundo

Depois de derrota para o Brasil, Maradona muda time para jogo contra o Paraguai
Goleiro, lateral-esquerdo, um meio-campo e um atacante devem ser diferentes em relação à equipe argentina que perdeu em Rosário
A seleção argentina treinou nesta segunda-feira em Buenos Aires a portas fechadas com a cabeça no crucial jogo desta quarta-feira contra o Paraguai, pelas eliminatórias sul-americanas à Copa do Mundo de 2010. O técnico Diego Maradona prepara mudanças em relação ao time que perdeu em casa para o Brasil .

Em meio às especulações sobre quem entra e quem sai, Maradona escalou sua equipe titular com Romero; Zanetti, Domínguez, Heinze e Papa; Gago, Mascherano, Dátolo e Verón; Messi e Agüero.

Chamou a atenção a presença de Romero, goleiro do clube holandês AZ Alkmaar, no lugar de Andújar.

O atacante Carlitos Tevez, ex-Corinthians, está descartado para a partida contra o Paraguai depois de torcer o joelho direito no jogo contra o Brasil, no sábado.

Lisandro López teria mais chances de substituir Tévez, mas Agüero parece ter recebido uma chance de Maradona no ataque.

Caso seja essa a escalação de quarta-feira, ficam fora do time titular argentino Tévez, Andújar, o zagueiro Otamendi e o meio-campo Maxi Rodríguez. No lugar deles, Agüero, Romero, Papa e Gago, respectivamente.

A seleção da Argentina deve viajar na terça-feira à noite para Assunção, onde enfrentará o Paraguai em jogo válido pela 16ª rodada das Eliminatórias Sul-americanas.

Já classificado para a Copa de 2010, o Brasil lidera o certame com 30 pontos. Chile e Paraguai dividem a vice-liderança com 27, logo à frente da Argentina, com 22.

Depois do Paraguai, os argentinos concluem sua participação nas eliminatórias sul-americanas contra o Peru, em casa no dia 10 de outubro, e contra o Uruguai em Montevidéu, no dia 14 do mesmo mês.

Em meio à todas as provocações do ex-jogador e atual técnico da seleção argentina, Diego Maradona, a equipe brasileira mostrou porque é a melhor seleção de futebol de todos os tempos. Na partida do dia 05 de setembro, tudo estava a nosso favor. Aquela partida, contra nossos maiores rivais, nos colocaria dentro de mais uma Copa do Mundo de Fuebol, campeonato esse que nunca estivemos de fora.
Mas, como já dizia um poeta, existia uma pedra em nosso caminho. Uma pedra gigantesca. Não que a Argentina esteja com o melhor elenco de todos os tempos, muito pelo contrário, mas eles porque eles mexem no psicológico, provocam, irritam, tentam desestabilizar. 
Nesse sábado, suas tentativas I N Ú T E I S. A Seleção Brasileira saiu na frente numa batida de escanteio batida por Elano e encontrando a cabeça de Luizão que abriu ao placar a nosso favor.
Luiz Fabiano aumenta a diferença. Depois uma reação argentina, finalizando com mais um de LF. Maradona estava no chão. Em contra-partida, nós estávamos classificados com rodadas de antecedência para a Copa do Mundo de Futebol da FIFA de 2010. 
Vamos, Brasil, rumo ao título de Hexa Campeão Mundial de Futebol. Título nunca conquistado por nenhum outro do mundo.

1 comentários:

Penélope Charmosa disse...
30 de setembro de 2009 00:30

Marcella, não deixe de revisar o texto antes de publicar, ok?
Clarissa

Leave a Comment

Back to Home Back to Top Futebol de Salto Alto. Theme ligneous by pure-essence.net. Bloggerized by Chica Blogger.